Saúde da Mulher

Médica da Mulher e não apenas Ginecologista

Toda mulher deve consultar um ginecologista uma vez ao ano. Nessa avaliação é realizada entrevista, exame físico e solicitação de exames laboratoriais e de imagem de acordo com a idade e queixas.  Com isso, é possível prevenir o surgimento de doenças e diagnosticar precocemente quando já instalada.

Como o habitual é ser a única médica que a paciente frequenta, solicito a investigação não só das ginecológicas, mas também de doenças comuns de cada faixa etária. Em caso de diagnóstico relacionado a outra especialidade, encaminho para o profissional mais adequado.

Aguardamos você para consulta.

Acompanhamentos

1
Dor pélvica

Dor pélvica pode ser causada por doença ginecológica ou não ginecológicas. Esse sintoma acarreta perda de qualidade de vida, além de repercussões físicas e psíquicas. Por isso é importante consultar o ginecologista a qualquer sinal de anormalidade.
A principal causa de dor pélvica crônica e incapacitante é a endometriose.
Visite nosso Dúvidas frequentes e conheça outras causas de Dor Pélvica.

2
Métodos contraceptivos hormonais e não hormonais

Essa decisão deve ser em conjunto: médico e paciente. A escolha do método deve envolver o desejo da paciente e as indicações e contra-indicações médicas de cada caso.
Visite nosso Dúvidas Frequentes e conheça as opções de método contraceptivo.

3
Sangramento anormal

O sangramento anormal atinge desde adolescentes até após a menopausa. É importante procurar atendimento médico, pois a perda de sangue pode acarretar anemia, cansaço, e até internação com necessidade de reposição hídrica e ou transfusão de sangue.
Geralmente está associado a mioma, pólipos ou alterações hormonais, mas podem resultar de um câncer de colo de útero, vagina ou endométrio.
O tratamento será de acordo com a causa.

4
Exame de Papanicolau e Colposcopia

O exame de Papanicolau tem como objetivo a identificação de células alteradas no colo do útero. Quando alterado o exame de Papanicolau a paciente deverá ser encaminhada para realização de Colposcopia que orientará biopsia, acompanhamento e tratamento de lesões pré-câncer.
Visite nosso Dúvidas Frequentes e conheça mais sobre a Colposcopia, HPV e câncer.

5
Mioma Uterino

Miomas são compostos por tecido muscular e são as massas uterinas mais frequentes em mulheres na idade reprodutiva. Podem acarretar irregularidade menstrual, dor e compressão de outros órgãos, infertilidade e complicações na gravidez. Em alguns casos é necessário cirurgia para retirada do mioma ou mesmo a retirada do útero, dependendo do desejo reprodutivo da paciente.
Agende uma avaliação para estabelecer o melhor tratamento para seu caso.

6
Cistos Ovarianos

Coleção de líquido envolta por cápsula no ovário. Nem todos os casos precisam de cirurgia. É importante avaliação médica e complementação com exames de imagem e laboratorias para definir o risco de associação com câncer e a necessidade ou não da retirada cirúrgica.

7
Infecções ginecológicas

Podem ser sexualmente transmissíveis como HIV, sífilis, herpes, gonorréia, clamídia, cancróide, linfogranuloma venéreo, tricomonas, ou não, como Candidíase e Vaginose Bacteriana.
Os principais sintomas associados são alteração na secreção vaginal e dor pélvica. Porém podem ser assintomáticas na maioria dos casos. Por isso a importância da consulta de avaliação em caso de sexo sem camisinha e/ou surgimento de sintomas. Essas doenças tem tratamento curativo ou conseguimos um controle satisfatório sem grandes repercussões se realizado diagnóstico precocemente.
Não deixe de fazer a sua avaliação.

8
Estética Genital Feminina

A mulher moderna busca harmonia entre corpo e mente, preocupando-se em estar bem em todos os aspectos. A anatomia íntima é fator importante na autoestima, além de influenciar fisicamente causando sintomas como dor, não só durante a relação sexual, mas na utilização de roupas e na prática de alguns esportes, pela compressão da região. Na busca de satisfação com a autoimagem, os procedimentos promovem solução para alterações indesejadas na genitália feminina.
A avaliação médica e a correta indicação do procedimento estão diretamente ligados ao sucesso da cirurgia. Faça todas as perguntas na consulta, é importante ter a expectativa real do que o procedimento pode trazer de benefício e o que não mudará.
Visite nossa área de Cirurgia e conheça os procedimentos: Ninfoplastia, Perineoplastia e Reconstrução de Himenal.

*As informações a seguir são apenas para orientação inicial, a avaliação dos sintomas deve ser feita por um médico durante uma consulta completa, incluindo exame físico. Apenas na consulta com uma avaliação integral é possível fazer o diagnóstico correto e estabelecer o tratamento adequado para cada caso.