Dicas de Saúde

20/05/2016

Mudanças que prejudicam a sexualidade no pós-parto.

Sonolência, tristeza e culpa apresentam impacto negativo na sexualidade e estão presentes em grande parte das mulheres que acabaram de dar a luz. Nesse período os hormônios acabam influenciando com redução na libido e redução na lubrificação, fora isso, o medo em relação ao sexo é explicado por alguns autores como o inconsciente agindo para que não se engravide novamente enquanto se cuida da “cria” recém chegada.

Por que a mulher no pós-parto teria alteração da auto-estima? Prejudicando sua sexualidade.

  • Mudança de peso
  • Alteração da textura da pele, espinhas, estrias, celulite, flacidez
  • queda de cabelo
  • náuseas
  • Dor nas mamas
  • Azia
  • Edema (inchaços)

A disfunção tende a melhorar 6 meses após o parto e está relacionada com:

  • Fatores socioculturais
  • Medo de engravidar novamente
  • Auto-imagem após o parto
  • Infecções urinárias
  • Inatividade sexual no 1o Trimestre
  • Idade
  • Amamentação
  • Cansaço
  • Depressão
  • Paridade
  • Onde dorme o bebê.
  • Não existe evidência da via de parto sobre a atividade sexual e disfunções.

É importante consultar para afastar possíveis períodos de depressão no pós-parto. Descartada essa hipótese, é necessário acompanhamento para orientar o casal de possíveis mudanças transitórias para que essa etapa não se transforme em uma disfunção sexual.