Dicas de Saúde

10/01/2017

Idade e fertilidade da mulher

Texto escrito por Taciana Fontes CRM-DF 13701

img-20170109-wa0008Adiar a gravidez é uma decisão muito comum nos dias de hoje. O número de mulheres gestantes ou tentando engravidar na faixa entre 30 e 40 anos vem aumentando continuamente. Vários são os motivos atribuídos a essa decisão, como a espera pelo relacionamento ideal, estabilidade profissional ou financeira, ou incerteza sobre o desejo da maternidade. Porém, quando se fala em fertilidade, o relógio biológico exerce um papel implacável. A capacidade reprodutiva feminina é altamente impactada pelo avançar da idade.

Ao chegar à idade fértil, uma mulher possui cerca de 300 mil óvulos capazes de serem fecundados. E com o passar dos anos, esse processo de “perda” da quantidade de óvulos fertilizáveis continua, sendo que, após os 35 anos o número de óvulos terá drasticamente diminuído.

Após os 40 anos este processo se acentua, ao passo que aumenta a taxa de aborto espontâneo. Estima-se que a chance de gravidez por mês é de aproximadamente 20% nas mulheres abaixo de 30 anos, mas de apenas 5% nas mulheres acima dos 40. É importante que as mulheres compreendam que a idade afeta sua capacidade de conceber e de ter uma gravidez saudável. E essa abordagem deve ser realizada nas consultas ginecológicas de rotina antes dos 35 anos de idade. As informações sobre reprodução assistida veiculadas pela mídia também podem dar às mulheres uma sensação de segurança irreal de que a gravidez pode ser adiada.

Dra. Taciana Fontes
Especialista em Reprodução Humana
CRM 13701-DF