Dicas de Saúde

04/03/2017

Como lidar com a birra dos filhos?

Clarissa Suassuna CRP 01/18113

Quando nos deparamos com nossos filhos fazendo birra, a primeira coisa que queremos fazer é sair de perto, correr para o mais longe possível. Eles esperneiam, se jogam no chão, choram e fazem um escândalo. Mas afinal, o que eles estão querendo com tudo isso? A birra é um movimento natural que as crianças realizam quando querem ter seu desejo atendido. Como as crianças ainda não aprenderam uma outra forma de conseguir realizar suas vontades, encontram na birra a melhor saída.

ImagenTT85

E o que podemos fazer diante disso? Em primeiro lugar precisamos entender que a birra continuará apenas se nós, pais, permitirmos. Por exemplo: Se uma criança está fazendo birra porque quer comer um chocolate que nós não havíamos permitido, e para acabar com essa birra deixamos que a criança coma o chocolate, estamos ensinando para ela que a birra funciona! Por um outro lado, se nesse mesmo exemplo do chocolate, nós mostrarmos pra ela que ela não vai comer o chocolate, e explicarmos o motivo de forma calma e firme, estaremos dando o primeiro passo para ensinar para ela que birra não funciona.

Mas como agir e falar com a criança no momento da birra? Se uma criança se joga no chão ou começa a gritar quando tem o seu desejo não atendido, devemos olhar para ela com calma e dizer: “Filho(a), eu não estou entendendo o que você está dizendo (ou querendo)” e ainda: “Eu vou esperar você se acalmar para você me falar o que você quer”.  Depois que a criança se acalmar e vier falar o seu desejo para a mãe, cabe a ela decidir se atenderá ou não ao pedido da criança. O importante é que os pais nãoImagenTT28 devem atender aos pedidos das crianças logo após uma birra, e sim após uma fala tranquila da criança expondo seu desejo.

Se a birra da criança demorar a passar, o ideal é que os pais conversem com a criança que aquela atitude que ela está tendo não está sendo legal, que desse jeito eles terão que interromper o passeio e voltam a passear em um outro momento quando ela se acalmar. A criança que tiver essa resposta por parte dos pais irá aprender uma nova forma de se comunicar ao invés da birra, porque irá perceber que a birra não está funcionando. Quando a criança conseguir se comunicar sem a birra, é importante que os pais valorizem e acolham as crianças e que digam que compreenderam o que a criança quis falar e que estão felizes que a criança aprendeu a se comunicar.